Como investir no Tesouro Direto

Um grande número de cidadãos brasileiros não sabem como investir no Tesouro Direto, por isso acabam perdendo a oportunidade de fazer esse investimento seguro que rende mais que a poupança.

Se esse for seu caso, então, poderá ver mais abaixo um pouco sobre como fazer esse investimento e ter uma maior rentabilidade com seu dinheiro que está parado em uma conta poupança no banco.

Como investir no Tesouro Direto
Como investir no Tesouro Direto?

Como investir no Tesouro Direto? – Passo a Passo

  1. Trace seus objetivos(faça uma simulação no site oficial do Tesouro Direto);
  2. Após isso, selecione o título que mais combina com os objetivos traçados;
  3. Faça o cadastro em um banco ou em uma corretora habilitada para negociação;
  4. Transfira o dinheiro para a conta da instituição escolhida para fazer o investimento;
  5. Compre o título desejado e aguarde para obter os lucros.

Quais as taxas dos títulos públicos disponíveis?

As taxas aplicadas mensalmente não são fixas, elas variam de acordo com o que levam em consideração para definir o seu valor. Baseando-se nisso, podemos dividir os títulos públicos em três categorias:

  • Prefixado: com valor fixo para a recompra no seu vencimento
  • Selic: vinculado à Taxa Selic
  • IPCA: vinculado ao IPCA

Claro que cada um desses tipos podem apresentar diferentes rentabilidades e diferentes vantagens, por isso deve-se fazer uma análise mais profunda para saber qual o ideal para determinado objetivo.

Corretoras para investir no Tesouro Direto

Existem um grande número de corretoras que podem ser usadas para ser fazer esse tipo de investimento, como Easynvest, Toro Investimentos e Clear, mas também é possível fazê-lo através de bancos como Caixa, Itaú e Banco do Brasil.

Por isso cabe a cada investidor ver a lista completa de corretoras que trabalham com esse tipo de investimento, escolher a que deseja utilizar e realizar todos os procedimentos para que possa comprar títulos públicos e obter rentabilidade superior à da poupança.